22 junho 2013

Comunicado do IMWAC nos primeiros 100 dias de papado do Papa Francisco

International Movement We Are Church – IMWAC
Movimiento Internacional Somos-Iglesia
Movimento Internacional Nós Somos Igreja
Movimento Internazionale Noi siamo Chiesa
Mouvement international Nous sommes Eglise
Internationale Bewegung Wir sind Kirche
Contactos nos países membros: www.imwac.net/413/index.php/contact/contacts

Roma, Innsbruck, Munique, 18 de Junho

PARA DIVULGAÇAO IMEDIATA

O Movimento Nós Somos Igreja: Uma nova oportunidade para o Espírito na Hierarquia da Igreja

O Movimento Internacional Nós Somos Igreja nos primeiros 100 dias de papado do Papa Francisco (21 Junho 2013)

Passados 100 dias desde que o Papa Francisco entrou em funções o Movimento Internacional Nós Somos Igreja (IMWAC) continua à espera de mudanças na liderança da Igreja. “ Damos as boas-vindas a todos os passos dados em direcção a uma maior fidelidade ao Evangelho", diz o Nós Somos Igreja.
O Nós Somos Igreja apela a todas as comunidades católicas para que tenham uma visão nova e crítica da organização que os lidera, assim como do sistema de privilégios medievais que nela predominam.
As grandes crises da Igreja Católica Romana estão longe de ter acabado mas, pelo menos, agora, vemos uma boa oportunidade de a nossa Igreja, uma comunidade global de 1.2 biliões de fiéis, encontrar modos autênticos e convincentes de divulgar o Evangelho de Jesus.
Francisco, Bispo de Roma, demonstrou uma aproximação que não é doutrinária, mas pastoral, que os fiéis há muito aguardavam. Esperamos que os seus gestos simples, mas fortes, de um ministério misericordioso e benevolente, possam mudar a atitude de todo o clero e dos que ainda mantêm formas obsoletas de prática religiosa.
A mudança no estilo de liderança deve ser acompanhada de reformas substanciais de acordo com o Concílio Vaticano II (1962-65), para reverter a restauração dos tempos pré-Vaticano II, dos últimos 50 anos. De outro modo, a frustração e perda de credibilidade, dentro e fora da Igreja Católica Romana, será imensa.
As novas formas de diálogo, a descentralização e gestão colegial, na linha dos ensinamentos do Vaticano II e uma nova visão do papel das mulheres na nossa Igreja são temas essenciais a ser enfrentados neste momento histórico. 
O Movimento Nós Somos Igreja apoia todos os passos para combater o Eurocentrismo e desejamos converter a nossa igreja numa Igreja mais de acordo com o Evangelho: uma Igreja na periferia, uma Igreja pobre e uma Igreja dos Pobres.  A nossa Igreja deve dedicar-se à paz universal e à ecologia baseada na justiça e nos direitos humanos. Para ser credível, deve também respeitar e promover os direitos humanos dentro da Igreja.
Sabemos que este será um longo processo de transformação. Apoiamo-lo e continuaremos a contribuir com os nossos pontos de vista, baseados numa sólida investigação teológica, esperando que lhes seja prestada mais atenção do que anteriormente. Também reconhecemos os importantes contributos de teólogos proféticos e das pessoas que trabalham na pastoral que foram silenciados durante as últimas décadas. Eles devem agora ser totalmente reabilitados.
Contudo, não pretendemos sobrestimar os sinais positivos dados por Francisco, ou subestimar a forte resistência da Cúria, interesses culturais e económicos que têm sido tão poderosos na Igreja há tanto tempo. Estamos cientes das fortes pressões externas exercidas sobre o Papa Francisco.
Apelamos ao Papa Francisco para que seja forte e corajoso e desejamos que tenha todo o apoio que necessita. Esperamos que, neste pontificado, se inicie um processo de transformação da Igreja Católica Romana e de toda a Cristandade para encontrar um papel novo e mais positivo numa comunidade humana global e em rápida mudança.

O Nós Somos Igreja está pronto para apoiar este novo caminho em direcção a uma Igreja do Povo de Deus, verdadeiramente fraterna.

Movimento Internacional Nós Somos Igreja


         O Movimento Internacional Nós Somos Igreja (IMWAC), fundado em Roma em 1996, encontra-se representado em mais de 20 países e reúne grupos reformistas semelhantes de todo o mundo, em todos os continentes.  Nós Somos Igreja é um movimento internacional dentro da Igreja Católica Romana e pretende a sua renovação com base no Concílio Vaticano II.  Nós Somos Igreja iniciou o seu trabalhado em 1995, na Áustria, com um referendo eclesial.

Sem comentários:

Publicar um comentário