17 abril 2013

Uma oração em cada dedo

Uma oração em cada dedo
CONVITE À ORAÇÃO DO BISPO BERGOGLIO (PAPA FRANCISCO)
1. O Polegar é o mais próximo de nós.
Então comecemos a rezar por aqueles que nos são mais próximos. São os mais facilmente lembrados. Rezar pelos nossos entes queridos é uma doce obrigação!


2. O dedo seguinte é o indicador.
Rezemos por aqueles que ensinam, instruem e curam. Isto inclui mestres, professores, médicos e padres, pois necessitam de apoio e sabedoria para indicar a direção correta a outros. Tenhamo-los sempre presentes nas nossas orações.


3. O próximo dedo é o mais alto.
Lembremo-nos dos nossos líderes. Rezemos pelo presidente, governantes, deputados, e também pelos empresários e gestores. São pessoas que dirigem os destinos da nossa nação, influenciam a opinião pública, e para isso precisam da orientação de Deus.


4. O quarto dedo é o dedo anelar.
Embora muitos fiquem surpreendidos, é o nosso dedo mais fraco, como pode dizer qualquer professor de piano. Deve lembrar-nos de rezar pelos mais fracos, com muitos problemas ou prostrados pela doença pois precisam da nossa oração dia e noite. Nunca é demais rezar por eles. Lembremo-nos também de rezar pelos que são casados.


5. E finalmente o nosso dedo mindinho.
É o dedo menor de todos, e que corresponde à forma como cada um deve ver-se a si diante de Deus e dos outros. A Bíblia diz; "os últimos serão os primeiros". O nosso dedo mindinho deve lembrar-nos de rezarmos por nós-mesmos. Quando estivermos a rezar pelos outros quatro grupos, as nossas próprias necessidades estarão na perspetiva correta, e então poderemos rezar melhor pelas nossas necessidades pessoais.
_______________________________________________________________________
Adaptação sobre versão brasileira e revisão de AFF.
AFF 15-04-2013
NOTA do NSI-PT: Não foi possível incluir as imagens das mãos juntas e dos dedos

Sem comentários:

Publicar um comentário